Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Museu rural de Sambade




Este texto foi escrito em 18/08


Através de dois  blogues que constam nos meus favoritos, vou tomando conhecimento de algumas novidades da “terra”. Assim soube da recente criação de um museu rural na aldeia de Sambade. Dirigi-me ao posto de turismo mas não sabiam de nada. Gentilmente decidiram ajudar-me. Fizeram alguns telefonemas e assim fiquei a saber que ainda não havia um horário de abertura mas, nos fins de semana e dias festivos, bastaria procurar pelo Sr. Presidente da Junta que se encarregaria de mostrar o museu. Assim, no dia 15 fomos à referida aldeia. O Sr. Presidente da Junta que teve a iniciativa de criação do Museu, no que foi apoiado pela Câmara Municipal, fez questão de nos guiar a visita  com todo o pormenor. O Museu é pequenino mas irá expandir-se pois,  para já, usa apenas parte das instalações da antiga escola primária dado que o espaço restante está ocupado com um infantário. Prevê-se  para breve a mudança de instalações do mesmo, pelo que o Museu poderá crescer.

Foi sempre com muito entusiasmo me carinho que falou desta obra. No fim agradecemos todas as gentileza  e fomos brindados com mais uma. Fez questão de nos oferecer uma medalha da aldeia.
Obrigada Senhor Carolino e oxalá consiga continuar a sua obra por muitos anos.







1 comentário:

  1. Olá Regina
    Tenho tido o meu computador avariado e ainda não está organizado como eu tinha. Portanto ando tão atrasada na consulta e escrita.
    De qualquer modo um beijo grande.

    ResponderEliminar