Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

De novo pelas escolas...

Na segunda feira no Colégio Universal com meninos do pré primário, ontem com os meninos do básico e do 6ºano, em Arouca. Em todas as escolas sou genericamente muito bem recebida mas há algumas que se têm destacado pela forma calorosa com que me envolvem professores e alunos. È o que acontece quando me desloco a Arouca.
Os meninos da EB1 presentearam-me com um “livro” de poesias feitas e ilustradas por eles.

Gostaria de as colocar todas, mas são trinta e uma… Sob os mais variados temas, algumas referem-se a livros que leram, entre eles os meus. Mas há três que me são especialmente dedicadas. Selecciono uma ao acaso.


Para além desta prenda do grupo, algumas das crianças resolveram oferecer-me individualmente desenhos e textos. Deixo aqui dois mas gostaria de realçar que todos os textos e ilustrações, são de uma imensa ternura.



No fim todos quiseram despedir-se de mim com um beijinho.

O melhor do mundo são as crianças…

As professoras tiraram fotos que ficaram de me enviar. Colocá-las-ei no blogue.

3 comentários:

  1. São tão cativantes estes gestos de crianças ou adolescentes. Ainda tenho trabalhos feitos pelos meus filhos, netos e até de alunos, que me ofereceram trabalhos projecto excepcionais aquando do Comenius Project. Tudo o que é feito fora da escola ou das aulas acaba por ser mais valioso, pois é com gosto que as pessoas trabalham.

    Tu dedicas-te de alma e coração e vês a compensação , o feedback afectivo desses seres a quem tu deste algo de Belo, uns minutos, horas da tua vida.

    É natural que te sintas feliz. Obrigada por partilhares connosco essa experiências.
    Bjo

    ResponderEliminar
  2. O melhor do mundo são de facto as crianças. Sei-o por experiência própria e também eu guardo muitos bilhetinhos, dedicatórias, desenhos,com muito carinho, que fui guardando ao longo de 34 anos!
    São seres pequeninos mas, sinceros, meigos,caridosos, disponíveis, com quem apetece sempre estar... aprende-se sempre com elas.
    Parabéns Virgínia, pois apesar de tudo isto, as crianças são exigentes e só as cativa quem merece!
    Bjs da Maria Eugénia

    ResponderEliminar
  3. Olá Regina
    Continua a fazer um lindo trabalho. Parabéns.
    Ainda dizem que as crianças são todas umas malcriadas e os professores uns Incmpetentes!!!

    Um beijo.

    ResponderEliminar