Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 7 de julho de 2015

Os gregos disseram NÃO

Já há imenso tempo que não escrevo acedo ao blogue. Mas hoje não poderia deixar de o fazer.
Se há algo que me incomoda é a subserviência....Por isso o NÃO  dos gregos merece o meu maior  aplauso.


Se a Troika estivesse realmente interessada em que os países, entre eles  Portugal e Grécia,reduzissem as despesas de uma forma justa, teria imposto a esses países medidas como por exemplo: 

A- reduções /extinções:

 1. de  mordomias dos ex-Presidentes da República (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros atestados, motoristas, etc.) e da Assembleia da República, (como almoços opíparos a custos ridículos),

2. do número de deputados da Assembleia da República 

3. no número de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e têm funcionários e administradores como 2º e 3º emprego.

4. das empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euros/mês 

5.  do financiamento aos partidos

6. da distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que muitas vezes se deslocam em digressões particulares pelo País;.

7. dos motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias, muitas vezes em serviço não oficial

8. da renovação sistemática de frotas de carros do Estado 
  
9.  das viagens de deputados  em classe VIP( mesmo em pequenas distâncias),  e respectivas estadias em hotéis de cinco estrelas. 

10. das numerosas administrações  de hospitais e outros organismos públicos 

11. dos milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo

12. das várias reformas por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que muitas vezes passaram fugazmente pelo Estado. 

13-dos salários milionários da RTP e os milhões que a mesma recebe todos os anos

14- das Parcerias Público Privadas 

etc, etc, etc

B-Eficácia 

1. na "perseguição"  dos milhões desviados por banqueiros

2. na investigação  do enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo  quem faz fortunas e adquiriu patrimónios de forma indevida 

3. no controle rigoroso de toda a actividade bancária 

etc, etc, etc

Mas não foi isso que sucedeu. Foram-se impondo medidas gravosas que afetaram essencialmente  os mais desfavorecidos e  a classe média. Isto tudo com  com a subserviência dos governos e dos povos...

Como homenagem ao povo grego, termino com um excerto de um filme que  marcou a minha geração 







2 comentários:

  1. També vi este filme em condições especiais: na Suécia com o meu namorado de 19 anos, com legendas em inglês. Adorei...
    Não sei qual vai ser o resultado deste referendo, mas cada vez percebo menos desta embrulhada europeia. Só me apetecia viver sem jornais, sem TV, sem noticias.....é o que tenho feito aqui na Luz, daí a minha ignorância. Só quero buganvílias, mar, andorinhas....volto para a parvónia no dia 9. Depois não tenho outro remédio se não escutar!!!

    ResponderEliminar
  2. Sabes que dos 350 deputados a quem Tsipras propôs prescindirem dos carros "dados" enquanto em função, MENOS de 50 deputados o fizeram?! E esta? As mordomias sabem muito bem tanto à direita como à esquerda! Eu detesto populismos logo...

    ResponderEliminar