Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 22 de maio de 2012

Ainda a Breve História da Química



Ontem, dia 21, estive na feira do livro de Famalicão, programa anexo, com alunos de duas turmas, 7º e 9º ano.  Quando constatei que os alunos não sabiam quem eu era nem tão pouco conheciam o livro, receei que a sessão fosse correr mal. Mas não. Estiveram atentos e genericamente mostraram-se bastante interessados durante toda a sessão

Quando estava a conversar com os alunos lembrei-me  que em 1975 /76 fui colocada em Famalicão mas, devido a uma nefrite que me foi diagnosticada em Agosto de 1975, só pude ir trabalhar em Maio de 76 pelo que a minha passagem por Famalicão foi muito breve

Para hoje estava agendada, desde há muito, a última actividade de um conjunto de três, Descobrir a Química, integrada no Porto de Crianças, projecto  a que já me referi em mensagens  anteriores ( a última no passado dia 12 ).
No auditório da Biblioteca Almeida Garrett, o grupo de teatro 3 pancadas, representou a peça  para quatro turmas de crianças do ensino básico (as duas que desde o início estiveram integradas no projecto e mais duas que, tendo feito um trabalho sobre Madame Curie, foram contempladas com a possibilidade de assistir à peça.  Portaram-se muito bem.
Por motivos imprevistos, esteve em causa a ida do grupo de teatro pelo que, quando ontem me informaram da eventual impossibilidade da sua presença, seleccionei uma série de pequenos filmes sobre a história da Química para passar aos alunos. Felizmente não foi necessário usá-los mas deixo aqui os “endereços”. 


No fim da sessão fui visitar, na Galeria do Palácio,  a 3ª edição da Bela - Biennial of European and Latin American Contemporary Art. Gostei muito de algumas obras




2 comentários:

  1. Olá Regina
    Como sempre um belo "post".
    Sobre os pequenos filmes ainda só vi um, o da Tabela Periódoca, que me encantou.
    Um grande beijo ,Regina.

    ResponderEliminar
  2. Passei por Famalicão durante tres anos na camioneta que ia para Braga onde o meu filho estava a estudar. Nunca saí, só conheço o centro, mas sei que é uma cidade com vida cultural - e uma fábrica de máquinas Leica única na Europa.
    As vezes há concertos e expos a que gostaria de ir noa arredores do Porto, mas o facto de não guiar, tolhe-me um pouco.
    Vou ver estes víedozinhos com atenção, depois de voltar duma consulta que tenho as 15.

    Parabens pelo teu empenho. TU é que deverias ganhar o Prémio Nobel da Química:)). Se fossem os alunos a atribuí-lo:)

    Bjo

    ResponderEliminar