Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Look Up

Look Up! Natural Porto Art Show é um grande evento artístico a decorrer desde 2 de Outubro e que se prolonga até 19 de Dezembro de 2010. O conceito base é a sustentabilidade na arte, a arquitectura e o design, envolvendo algumas das mais importantes instituições da Cidade de Porto, tais como Edificio da Alfándega, a Casa da Música, o Palácio das Artes, o Palacete Pinto Leite, a Reitoria da Universidade, o Palácio da Bolsa ou o Aeroporto Sá Carneiro.



Promovido pela ANJE, Associação Nacional de Jovens Empresários de Portugal, Look Up! Natural Porto Art Show é um projecto com vocação sustentável que tem como objectivo criar ligações artísticas, culturais e sociais com a cidade do Porto, idealizado pelo comissário espanhol David Barro e o galerista Fernando Santos. Através da arte, a arquitectura e o design, a intenção é a de trabalhar o espaço público como um território de intervenção artística, e também implicar importantes edifícios emblemáticos da cidade. O objectivo é o de pensar a arte como serviço à comunidade de um território, mas também como um questionamento da sociedade em que vivemos.


Look Up! Natural Porto Art Show procura ser uma tomada de consciência dos benefícios sociais e económicos, e, claro ambientais, que nos levam a trabalhar com critérios de sustentabilidade; seja directamente, com uma série de reflexões sobre as implicações de ser sustentável nos livros produzidos para o evento, ou de maneira mais aberta, com as exposições preparadas ex professo para Look Up!, que abordam a problemática do indivíduo submerso no abismo do contemporâneo e de como o ser humano habita os espaços da contemporaneidade.


No passado dia 19 foi inaugurada no Palacete Pinto Leite (onde funcionou o Conservatório,  junto à Maternidade), a exposição Lugares de Incerteza/Interferências VII. Entre os vários artistas plásticos ali representados encontra-se Noé Sendas, filho da pintora Lourdes Sendas, minha amiga desde a escola primária em Bragança.

Da publicação que acompanha as exposições, deixo ficar o que diz respeito à que decorre no momento.





Ainda não a visitei  ( na abertura estava para Trás-os- Montes e desde que regressei ainda não me foi possível). Espero visitá-la no próximo dia 1. Mas quis deixar esta mensagem para também poderem aproveitar esse dia se assim o entenderem…

1 comentário:

  1. Não tinha ainda tomado conhecimento desse evento. Mas parece-me muito interessante.
    Tudo o que seja divulgar Ciência, Cultura, Arte é sempre muito bom pois contribui para um país mais instruído e mais civilizado.

    Um beijo.

    ResponderEliminar