Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

quarta-feira, 29 de março de 2017

Mais imagens...menos palavras- continuação

No dia 15 de manã fui fazer a minha sessão de voluntariado. Numa das passagens entre o edifício Neoclássico e o Novo, parei uns segundos para tirar uma foto  a uma árvore lindíssima mas a foto não ficou à altura....


 Por volta das 15h chegou, vinda de Setúbal, a  Lourdes,  minha amiga de infância de quem já aqui falei algumas vezes.
À quinta-feira após as aulas da Marta e do José temos música, pelo que nessa tarde a Lourdes foi sozinha ver uma exposição na Galeria Almeida Garrett, onde o filho (Noé Sendas, de quem já aqui falei por mais que uma vez) estava representado.
À noite ainda conversámos um pouco mas deitámo-nos relativamente cedo pois tínhamos vários projetos para o dia seguinte.
Na manhã do dia seguinte tínhamos que ir à UNICEPE. Antes ainda demos uma voltinha pelas imediações. Fotografei uma casa Arte Nova, de que gosto bastante, na Rua Galeria de Paris e uma capela, um pouco invulgar,  na Rua dos Caldeireiros.



  Passámos pela UNICEPE e daí fomos almoçar à Cooperativa Árvore. Dali fotografei o Jardim das Virtudes


Após o almoço a Lourdes foi ter com uma artista plástica que foi sua aluna e eu  regressei a casa onde o meu neto chegaria por volta das 16 h
Para sábado tínhamos planeado  ir ouvir um concerto de órgão à Igreja do Clérigos após o que o meu marido iria ter connosco para irmos os três almoçar à Foz (novamente à paria dos Ingleses onde me sinto muito bem com o mar tão próximo...)
O concerto estava anunciado em vários órgãos de comunicação social e na porta da igreja. Entrámos e connosco vários turistas (e não só...)
Só que em vez do concerto houve missa. Protestámos na entrada ( e connosco muitos turistas também) . A resposta foi: A missa não estava prevista  por isso não sabemos se o concerto se mantém e,em caso afirmativo, a que horas terá lugar....
Após o almoço o meu marido deixou-nos à porta do Botânico e vagueámos por ali algum tempo, deliciadas com as sensações visuais e olfativas que o espaço proporciona. Como senão, apenas o ruído dos carros na auto-estrada.Terminado o passeio pelo Botânico fomos até à casa das Artes, a fim de assistirmos o filme Moonlight
No jardim ainda fotografei uma árvore belíssima.

Após o filme, de que gostei muito, regressámos a casa.
No dia seguinte de manhã a Lourdes foi a Serralves ver uma instalação de que gostou bastante. Eu não pude ir pois tinha que ultimar o almoço (era Dia do Pai) para todos nós.
À tarde regressou a Setúbal.

Sem comentários:

Enviar um comentário