Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

sábado, 10 de janeiro de 2015

A besta humana

Quando tinha os meus 18 anos li “A besta humana” de Zola, obra onde  o autor contrapõe à evolução tecnológica da sociedade, marcada na época pelos transportes ferroviários, a natureza humana permanecendo cruel e corrupta.

O livro marcou-me bastante e essa marca ressurge, geralmente, quando ocorrem atrocidades como as que, recentemente, tiveram lugar em França, fruto de um fundamentalismo bárbaro, sem sentido.

Para Leonard Boff, o fundamentalismo representa a atitude daquele que confere caráter absoluto ao seu ponto de vista assumindo doutrinas e normas sem cuidar do seu espírito e da sua inserção no processo sempre evolutivo da história, que obriga a contínuas interpretações e atualizações, exatamente para manter a sua verdade essencial.

Lembrei-me de outros excertos  ou citações que nos fazem refletir sobre qualquer fundamentalismo, seja étnico, religioso, político ou outro.

A mente do fundamentalista é como a pupila do olho: quanto mais luz recebe, mais se fecha. (Stephen Hawking)

Não tenho nenhum preconceito de raça, nem de casta ou de credo. Todo o que me importa saber é que um homem é um ser humano, e isto é suficiente para mim. (Mark Twain).

Quanto menos evidência existe em favor de uma ideia, maior a paixão, maior a violência. (Bertrand Russell)

O desejo de salvar a humanidade é quase sempre um disfarce para o desejo de controlá-la. (H. L. Mencken)

Discutir com um homem que renunciou à sua razão é como medicar um cadáver. (Thomas Paine)

A forma mais comum de loucura é a crença apaixonada no palpavelmente falso. Essa é a principal ocupação da humanidade. (H. L. Mencken)

Os medos coletivos estimulam o instinto de rebanho e tendem a produzir ferocidade para com aqueles que não são considerados como membros do mesmo. (Bertrand Russell)

Eu jamais iria para a fogueira por uma opinião minha, afinal, não tenho certeza alguma. Porém, eu iria pelo direito de ter e mudar de opinião, quantas vezes eu quisesse. (Friedrich Nietzsche)

Acreditar é mais fácil do que pensar. Daí existirem muito mais crentes do que pensadores. (Bruce Calvert)

Sempre que o correto se torna dependente da autoridade divina, as coisas mais imorais, injustas e infames podem ser justificadas e estabelecidas. (Ludwig Feuerbach)

O respeito pela vida religiosa dos outros, por suas opiniões e seus pontos de vista, é um pré-requisito para a coexistência humana. Isto não significa que tenhamos que  aceitar tudo como igualmente correto, mas que cada um tem o direito de ser respeitado em seus pontos de vista, desde que estes não violem os direitos humanos básicos.(Hellern, Notaker, Gaarder).

As religiões são fundadas sobre o temor de muitos e a esperteza de poucos. (Stendhal)

Quanto menos inteligente é o branco mais estúpido lhe parece o negro. (André Gide)  

O racismo é a expressão do cérebro humano reduzida à sua mínima expressão. (Rigoberta Menchú)

Termino com alguns “cartoons” .







4 comentários:

  1. Post excepcional....tenho discutido no FB sobre este tema. A barbárie é hedionda, mas alguns fanatismos expressos por pessoas que conheço às vezes surpreendem-me. Estas citações dão muito que pensar.
    Bjo

    ResponderEliminar
  2. Obrigada.
    Este crescendo de barbárie assusta-me porque não vislumbro" uma luz no fundo do túnel" quando penso na erradicação deste fanatismo (e de outros...).
    Ab
    Regina

    ResponderEliminar
  3. Eu também não aceito o terrorismo venha de onde vier. E muitas vezes me interrogo da origem desta barbárie.Será a religião ou o petróleo? A História nos esclarecerá.
    Um beijo, Regina.

    ResponderEliminar
  4. Que bom ter novamente a sua presença aqui! Espero que recupere totalmente e em breve
    Talvez ambas mais uma grande dose de estupidez e insensibilidade
    Ab
    Regina

    ResponderEliminar