Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

sexta-feira, 2 de maio de 2014

De novo peles escolas...


No passado dia 30 e na sequência da reedição, pela Porto Editora, do livro Ciência para meninos em poemas pequeninos, estive em duas escolas de Viseu (Póvoa de Abraveses e Oliveira de baixo) com alunos do 1º ciclo, num total de 4 sessões.
Os livros tinham chegado às escolas no dia anterior, ao fim da tarde, pelo que para alguns professores e alunos, o primeiro contacto com o livro foi nas referidas sessões. Duas das professoras tinham levado o livro para casa e no próprio dia, antes da sessão, tinham feito uma abordagem ligeira com os meninos.
O poema caleidoscópio tinha suscitado a curiosidade das crianças. Geralmente levo comigo um caleidoscópio, pelo que todos puderam ver (a maior parte dos alunos e algumas professoras nunca tinham visto).
Aqui fica o poema caleidoscópio bem como um site onde se ensina a construí-los.



Uma das duas professoras que tinha lido o livro, mal eu entrei comentou.
Fazia uma ideia totalmente diferente de si. Pela escrita leve, divertida, muito agradável, pensei tratar-se de uma autora muito jovem.
Depois da sessão veio falar comigo e disse: Não ficou aborrecida com a minha intervenção de há pouco? Respondi-lhe: Bem pelo contrário. Retorquiu: De espírito é mesmo muito jovem.




4 comentários:

  1. Deve ser óptimo para os meninos terem aulas assim...sei que adorava mudar de ritmo e de estilo, fazermos teatros, poesia, concursos, etc. Para os profs tb é excelente, poderem brilhar.....
    Bm fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Mas infelizmente ainda há muito professor que não "funciona" desse modo e com certeza, tal como eu, conheces alguns .
    Bjs
    Regina

    ResponderEliminar
  3. Engraçado!!! Eu imaginava a Regina, tal como é. Culta, simpática e Jovem, muito Jovem apesar de a ter conhecido como minha professora na UPP. A imagem que eu fiz de si , veio da leitura do seu programa para as suas aulas lá na UPP. Uma autêntica poesia. Eu até disse às minhas amigas "com este programa não posso deixar de ir a estas aulas".

    Um grande abraço, Regina.

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada Graciete pela sua tão generosa avaliação, mas muito exagerada...
    Quanto à UPP gostei muito de ter dado aquelas aulas porque o entusiasmo de muitos dos "alunos" , muito especialmente a Graciete, foi sempre um incentivo para tentar fazer cada vez melhor.
    Estou-lhe muito grata por isso.
    Ab
    Regina

    ResponderEliminar