Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

domingo, 12 de janeiro de 2014

Breves...


Começo pela escultura...
Jean-Pierre Augier nasceu em Nice, em 1941.Desde criança criava com materiais diversos. A partir de 1963 passou a trabalhar essencialmente a partir  de objetos de ferro e velhos utensílios abandonados, salvando-os assim do esquecimento, da inutilidade e da destruição.

O coro
 O lago dos cisnes
As chaves da felicidade

Aqui poderão ver várias das suas obras

A escolha da  obra "coro" para aqui colocar, prendeu-se com uma “aventura” que decidi iniciar...
Incentivada  pela minha amiga Paula Miguel, na passada 5ª feira, após  fazer um pequeno teste de voz, participei pela primeira vez num ensaio do coro do CPO (círculo portuense de ópera)   
O meu filho Nuno foi,  durante alguns anos, barítono no coro, mas agora não tem disponibilidade. Na altura quis convencer-me a entrar mas quem não tinha disponibilidade era eu...
Uma das  peças que está a ser ensaiada é uma zarzuela   da obra El Barberillo de Lavapiés cujo síntese podem ler aqui , musicada por Francisco Asenjo Barbieri. 
Na 5ª feira o ensaio incidiu sobre  o prelúdio da obra , de que  deixo também uma versão dançada 

3 comentários:

  1. O meu João cantou com o CPO várias vezes quando tinha 10 anos: Carmina Burana, Carmen, Madama Butterfly, etc. Ele adorou a experiência. A Palmira Troufa, grande soprao foi minha colega na Escola Profissional de Musica e conversávamos mjuito pois as aulas eram ao mesmo tempo. Sempre a achei muito competente e modesta. Cantei em coros na minha juventude, nos Jerónimos e depois na FLUL, mas no Porto nunca tive coragem de me meter em nenhum e agora já nem sei ler música. O João ainda fez parte do Coro da Sé antes de ir para a Alemanha e até os ensaiava por causa do alemão!

    Bjinhos e felicidades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E agora o canto, Regina. Parabéns. Gostei muito dos video que apresentou e também das esculturas em especial da que motivou este post. Também conheço o
      CPO e já assisti a alguns espetáculos. Só
      que agora ando um pouco afastada dessas manifestações culturais. Mas se a
      Regina fizer parte de qualquer uma não deixarei de ir ver. Só se não puder mesmo

      um beijo grande, Regina.

      Eliminar
    2. Claro que ainda não sei se vou conseguir disciplinar-me o suficiente para ensaiar duas ou 3 vezes por semana...
      Um grande beijo às duas
      Regina

      Eliminar