Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

A todos um Bom Natal

A todos um Bom Natal





Uma das letras de Eu hei-de ir ao Presépio (,Natal de Elvas) uma canção de Natal de que gosto muito.


Eu hei-de m'ir ao presépio
A assentar-me num cantinho
A ver com'o Deus Menino
Nasceu lá tão pobrezinho.

Ó meu Menino Jesus,
Que tendes, por que chorais?
Deu-me minha mãe um beijo,
Choro por que me dê mais.

O Menino chora, chora,
Chora por muita razão:
Fizeram-lhe a cama curta
Tem os pezinhos no chão.

A propósito de presépios  deixo a imagem de um presépio de Júlia Ramalho que podem ver aqui, entre muitos

E por falar de Júlia Ramalho, estive anteontem com ela, na feira de artesanato, na Praça D. João I. Conheci-a quando dei aulas em Barcelos (tinha 21 anos e ela também). Um dia fui visitar o "atelier" de Rosa Ramalho, em Galegos e ali comprei várias peças da conhecida artesã com quem tive o privilégio de conversar durante muito tempo (Rosa Ramalho era uma óptima conversadora). Júlia trabalhava já com a avó mas creio que ainda não produzia peças suas. Anteontem fui ao seu "stand" e conversei com ela. Infelizmente está bastante doente. Adquiri uma das suas peças que já figura na minha estante, ao lado das da avó.

5 comentários:

  1. Na nossa casa do algarve também temos lá um Cristo feito pela Rosa Ramalho. Não aprecio muito este tipo de peças, mas o meu Pai gostava.
    Já te felicitei pelo teu cartão-pintura e pelo poema.
    Um óptimo Natal com os teus meninos todos :)
    Bjinho

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo o seu poema., mesmo a propósito não só de hoje como dos tempos já recuados de que me lembro.
    Também gosto muito do artesanato da Rosa Ramalho, da Júlia e de outros,Já tive várias peças .O Cristo partiu o braço e outras também se foram partindo. Mas ainda conservo bastantes.
    Agora ando um pouco desmotivada, com a doença do meu marido e os problemas de duas filhas minhas. Mas quero ter esperança de que tudo se resolverá..
    Também lhe desejo toda a felicidade possível ,para si e toda a família, não só no Natal, mas sempre.

    Um beijo grande..

    ResponderEliminar
  3. Graciete
    Fiquei triste por saber que está com vários problemas. Desejo, do fundo do coração, que o Natal lhe traga a resolução de todos eles, poiis bem o merece.
    Um grande bj
    Regina

    ResponderEliminar
  4. Virgínia
    Renovo os meus votos de Bom Natal
    Um grande bj
    Regina

    ResponderEliminar
  5. Senhora dona Regina, olá. Sou um primo distante da Júlia Ramalho (meu avô paterno era irmão da Rosa Ramalho). Fiquei curioso por saber que a Júlia está muito doente. Nunca mais tive notícias dela. Ela está muito doente, mas segue trabalhando? Gostei muito de saber que a senhora conversou muito com minha tia-avó Rosa que faleceu dois anos antes de eu nascer. Dizem que meu avô, para além da enorme semelhança física, se parecia muito com a irmã ilustre no temperamento (além de ser ceramista como ela). Há algum outro "caso" que a senhora se lembre dela para contar? Saudações desde o Rio de Janeiro.

    ResponderEliminar