Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Sol dos pequeninos


Sol dos pequeninos é Creche e Jardim de Infância em Miramar quase em frente ao Senhor da Pedra.
Há cerca de 15 dias recebi um e-mail da Diana que fazia parte de um  “duo” de teatro que esteve associado à Editora 7dias6noites e encenou várias vezes, de uma forma muito interessante, a minha obra Breve História da Química, editada pela referida editora.
No e-mail a Diana referia que estava a trabalhar  no Sol dos pequeninos e que, em conversa com uma professora, esta lhe terá dito que gostava muito de contactar uma autora que em tempos e na BMAG (Biblioteca Municipal Almeida Garrett) tinha visto interatuar com crianças, interligando ciência e poesia. A Diana associou de imediato a autora à minha pessoa (o mundo é pequeno...). Foi assim que fui contactada pela Adriana, uma educadora brasileira que me lembro de ter conhecido na BMAG  e que trabalha de uma forma muito interessante com as crianças.
Na passada quinta-feira, dia 21, a Adriana, juntamente com a Diretora da Escola, vieram buscar-me para, a propósito do sistema solar,  estar com as crianças dos 2 aos 5 anos.
Ao chegar esperavam-me a Diana e o Nuno, com quem ela contracenava no teatro.
Antes da sessão fui  visitar a escola e fui esclarecida quanto ao seu projeto, muito interessante
Com as crianças li textos e excertos de Ciência para meninos em poemas pequeninos e Pelo Sistema solar vamos todos viajar, textos que complementei com algumas experiências.
Entre as crianças mais crescidas algumas participaram muito ativamente. Os mais pequeninos reagiram bem essencialmente às experiências.

No fim, os meninos dos 2 aos 4 anos saíram e ficaram apenas os de 5 anos. A dada altura  entrou uma educadora com um cesto cheio de canudos de papel, contando uma história relacionada com o espaço  e incumbiu-me de entregar um canudo a cada menino. Tratava-se de um jogo, sobre o sistema solar, construído pelas educadoras e que deveria ser "resolvido" pelas crianças em interacção com os mais velhos(pais, irmãos, etc).
 






3 comentários:

  1. Um belo exemplo de como interessar as crianças pela ciência e pela cultura e que devia estender-se a todas as Escolas.

    Um beijo, Regina.

    ResponderEliminar
  2. Adorava ver os meus netos nessas actividades, mas o colégio alemão tem o seu programa cultural já delineado desde o inicio do ano....

    Parabéns!

    ResponderEliminar