Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

sábado, 21 de setembro de 2013

Mazouco


No dia 31  de Agosto o meu filho Nuno apareceu com a família. Decidimos que à tarde iríamos ver o “Cavalo de Mazouco”, passando primeiro pela praia fluvial da Congida
 
 

 

O “Cavalo de Mazouco” situa-se perto de Mazouco (concelho de Freixo de Espada à Cinta) e integra-se na  primeira estação portuguesa de arte rupestre paleolítica ao ar livre, identificada e divulgada em 1981.

Estão representadas muito poucas figuras, entre as quais sobressai a representação de um cavalo.

O acesso às gravuras não é muito fácil. A partir da aldeia de Mazouco segue-se por uma estrada estreita e sinuosa. A dada altura encontra-se assinalado ( a meu ver, de forma um pouco deficiente) o percurso final que tem que ser feito a pé, por um caminho curto mas íngreme e pedregoso.  

 


Após a visita retomámos o caminho em sentido contrário até  encontrarmos de novo a estrada nacional que nos levaria a Lagoaça . A noite chegou entretanto e brindou-nos com uma vista fabulosa sobre Mazouco.




Feitas as fotos fomos jantar a Lagoaça de onde regressámos à aldeia. Chegámos por volta da meia-noite.
No dia seguinte o meu filho regressou ao Porto mas o meu neto Ju ficou connosco

4 comentários:

  1. Que belas férias, Regina!!!! Já vi várias estações de gravuras, mas essa ainda não. Julgo que a sua descoberta é mais recente.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Foram descobertas em 1981 mas talvez não tenham sido muito divulgadas.
    Bjs
    Regina

    ResponderEliminar
  3. A família da minha nora é de Lagoaça, têm lá casa e ainda vão lá frequentemente. Os meus netos passaram lá uma semana com os avós e tomaram banho nas praias fluviais. Não conheço essa região. É impressionante como o Homem esteve em todos os recantos deste país, sobretudo no norte, mas tb na Luz há ruinas romanas!!

    Bjo

    ResponderEliminar
  4. Há as da vila da Luz, mas no Algarve há várias: Creio que as mais conservadas são as de Milreu, perto de S. Brás de Alportel
    Bjs
    Regina

    ResponderEliminar