Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

sábado, 4 de maio de 2013

Dia da Mãe


A propósito do Dia da Mãe, enviaram-me um e-mail que partilho convosco, na véspera do dia em causa.

 


Imagem poderosa: fica-se sem palavras ! Dói!

Um pensamento/sentimento: o mais importante retrata-se com a simplicidade de riscos de giz

e vive-se com a grandiosidade do aconchego do afecto, do amor e o sentimento do respeito por um "bem sagrado".  

Mas falta o calor do colo e do coração ... Dói!

3 comentários:

  1. Perder uma mãe - ou uma mãe perder um filho - deve ser das experiências mais traumáticas que se podem ter. Oxalá essa criança - cuja foto já conhecia, andou em todos os jornais - seja amparada por todos aqueles que a rodeiam e tenho um futuro. A guerra é o horror mais completo que existe e os homens insistem em matar. Está-lhes no sangue.

    Mas o Dia da Mãe tb contém muitas coisas boas e ontem foi muito bom para mim e para a minha filha enquanto ainda passeávamos pelo Funchal....os filhos telefonaram-me de S. Francisco e do Porto....senti o calor do AMOR.

    bjos

    ResponderEliminar
  2. Tive cá filhos, noras e netos (aliás como é habitual todos os fins de semana,) Como estava um tempo razoável comemos no pátio atrás da casa. Soube tão bem...
    Bjs às duas
    Regina

    ResponderEliminar