Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

sexta-feira, 29 de março de 2013

Audaz fantasia

No passado dia 24 decorreu em Alenquer a entrega dos prémios do primeito concurso AlenCriativos, que teve o apoio do Pelouro da Cultura do respectivo Município. O evento integrou-se nas comemorações do Dia da Poesia.
"Audaz Fantasia" foi o "mote" para os trabalhos.

Houve  369 participações de adultos ( havia também uma componente destinada às escolas), entre elas a minha  (sob o pseudónimo Maria Montenegro). Fiquei entre os 10 seleccionados tendo recebido uma menção honrosa. Não pude estar presente mas o evento da entrega dos prémios pode ser visto aqui
 
O poema, "Foi assim que nasceu a poesia", foi lido por Rui de Carvalho (com início  no instante 1h, 10 min).

Aqui o deixo.

Foi assim que nasceu a poesia.


Fogo, roda, imprensa,

agulha de marear,

telescópio,

astrolábio,

máquina a vapor,

radar...

 

Com audácia e fantasia

o pensamento inventa, cria.

 

Giotto, Rafael, Picasso, Miró,

Galileu, Newton, Einstein, Bohr....

 

Com audácia e fantasia

o pensamento inventa, cria.

 

Átomo, ião, raios X,

LASER, eletricidade,

televisão,

internet,

teoria quântica,

relatividade...

 

Com audácia e fantasia

o pensamento inventa, cria.

 

Bach, Mozart, Beethoven, Puccini,

Shakespeare, Camões, Pessoa, Pushkin.


Com audácia e fantasia

o pensamento inventa, cria.

 

Foi assim que nasceu a poesia.

2 comentários:

  1. Parabéns.

    Faz lembrar a Pedra Filosofal....:))

    Páscoa Feliz!

    ResponderEliminar
  2. Belo poema, Regina. Mais uma vez os meus parabéns.

    Um beijo.

    ResponderEliminar