Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Tangentes



Hoje, no Centro Comercia Brasília, ao passar em frente à  book house, vi uma banca  sua com livros a preços muito convidativos. Comprei um livro de poesia de uma autora que desconhecia. O título é Tangentes e a autora,  Merícia de Lemos




Aqui deixo um dos poemas


1 comentário:

  1. Também não conhecia a autora, mas o acho o poema bem bonito e com uma bela mensagem.

    Um beijo, Regina.

    ResponderEliminar