Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

domingo, 2 de janeiro de 2011

Novo Ano

Tentei colocar esta  mensagem no primeiro dia de 2011, mas como reuni toda a família , o que felizmente  acontece quase todos os fins de semanna,  só agora tive tempo para me sentar em frente ao computador .
A mensagem foi-me enviada por Eduardo Roseira e é um belíssimo poema de Carlos Drummond de Andrade

Cortar o Tempo



Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,


a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.


Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no


limite da exaustão.


Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e


entregar os pontos.


Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez,


com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente

3 comentários:

  1. Gosto do sarcasmo...também me pergunto qual é a diferença entre o dia 31 e o 1, em termos vivenciais. Nenhuma.

    Se estiver um dia lindo como hoje, tanto faz que seja 1,2 como 20, ou 30..ou sábado ou domingo. O que interessa é que sintamos vontade de viver.
    Bjo

    ResponderEliminar
  2. Plenamente de acordo
    Bjs
    Regina

    ResponderEliminar
  3. Gosto do poema. Já conhecia e acho que, apesar da ironia, traz-nos um renascer de esperança. Só que temos que a tornar combativa, para que ela frutifique.

    Um grande abraço, Regina.

    ResponderEliminar