Bem-vindo, bienvenido, bienvenu, benvenuto, welcome....


Silêncio cósmico

Pudera eu regressar ao silêncio infinito,

ao cosmos de onde vim.

No espaço interestelar, vazio, negro, frio,

havia de soltar um grito bem profundo

e assim exorcizar todas as dores do mundo.

Regina Gouveia

terça-feira, 23 de março de 2010

Continunado o "périplo" pelas Escolas...

A propósito da Semana da Leitura estive ontem na Escola de Vila Praia de Âncora e hoje numa Escola da Maia. Na primeira estive com alunos do 9º ano e do Ensino Secundário. Fui apresentada pelo Professor Carlos Vaz, escritor ainda jovem, mas já galardoado com vários prémios. Duma grande simplicidade contrasta com outros escritores da sua geração, provavelmente bem menores mas que sabem insinuar-se e levar a água ao seu moinho…
Havia alguma apreensão nos professores por recearem o comportamento de alguns alunos. No entanto não poderia ter corrido melhor. Como é meu hábito falei de poesia e de ciência Talvez a magia da ciência aliada à poesia os tivesse cativado.
Apresentei poemas relacionados com a luz e a cor, alguns extraídos dos livros já publicados, outros ainda por publicar. Usando a luz do retroprojector projectei um arco-íris no tecto, simulei um pôr do sol fazendo a luz passar por água a que ia adicionando umas gostas de leite, falei um pouco da dispersão da luz.

A propósito do poema Fractal falei também de fractais


Fractal
Denso este silêncio

onde a memória, qual fractal,

vai repetindo cópias de um padrão

pleno de volutas, cornucópias,

que volteiam em direcção ao infinito.

Ampliam-se as imagens, por vezes diminutas

e emergem pormenores que se agigantam

no silêncio opressor

que penetra no imo dos espaços

Arremesso um grito,

quebro o silêncio em mil pedaços

onde a luz se decompõe

num arco- íris ébrio de cor.

Um fractal objecto geométrico que pode ser dividido em partes, cada uma das quais semelhante ao objecto original. Em muitos casos um fractal pode ser gerado por um padrão repetido

O floco de neve de Koch, é um fractal, que se obtém partindo de um triângulo equilátero. Para o construir, começa-se com um triângulo com lados de tamanho 1. Ao meio de cada lado, adiciona-se um novo triângulo com um terço do tamanho; e assim por diante, como se pode verificar na figura . O comprimento total do contorno tende para infinito. Contudo, a área permanece menor que a área do círculo que circunda o triângulo original.

Vim de lá com a alegria com que tantas vezes saí de uma sala de aula. Obrigada a todos os que me proporcionaram este encontro.

Hoje estive numa Escola da Maia numa primeira sessão com alunos dos 5º, 6º e 7º anos e numa segunda sessão com alunos de 8ºano. A responsável pela Biblioteca é uma professora que eu conheci já há alguns anos. Acompanhou-me na visita, Adélia Carvalho, autora de livros infantis e dona da Livraria Papa Livros, um espaço muito interessante na Rua D. Manuel II, que leu a maioria dos poemas que apresentei. À medida que os poemas iam sendo lidos iam surgindo experiências e uma conversa sobre as mesmas. O primeiro grupo de alunos esteve muito bem, o segundo, menos bem, mas mesmo assim relativamente participativo.

Cheguei a casa cansada, mas não podia deixar de estar presente no lançamento de Histórias da Luz e das Cores, volume 3, do Professor Doutor Luís Miguel Bernardo, cuja apresentação, no salão Nobre da Reitoria, esteve a cargo do Professor Doutor Carlos Fiolhais.

Tenho já os volumes anteriores. Ainda não me posso pronunciar sobre este volume, mas tenho a certeza que, à semelhança dos anteriores, a sua leitura, para além de constituir um enriquecimento pessoal, será também um prazer.
O autor pediu-me para nele incluir um poema meu. Sinto-me muito honrada com tal distinção. Obrigada


A minha ida a escolas de Lagoa foi adiada para Abril. Foi bom pois sinto-me um pouco cansada.

2 comentários:

  1. Quem cativou os alunos? Foi a Regina, com os seus conecimentos, a sua simpatia, a sua maneira simples mas extremamente agrdável de estar...enfim a sua qualidade de ser uma óptima professora. Muitos parabéns e um beijo.

    ResponderEliminar
  2. É admirável essa tua disponibilidade e prazer em ensinar a jovens que nunca viram nada assim. Os métodos , a proximidade, o encantamento, tudo isso sao ingredientes fantasticos. Continua....

    ResponderEliminar